domingo, 18 de dezembro de 2016

Brigadeirinhos Sortidos

Bom dia!

Hoje venho aqui mostrar uma receita que fiz, graças a um desfile maravilhoso de ideias de "Receitas para oferecer", promovido pelo grupo "Dia um... Na cozinha" no mês de Dezembro. Neste primeiro desfile não apresentei nenhuma receita, ainda não sabia bem como funcionavam as coisas...mas as expectativas ficaram lá em cima, no topo! Era cada receita melhor que outra, realmente mentes brilhantes!

Estes brigadeirinhos ficaram-me no pensamento...fogem ao tradicional, e são super rápidos de fazer! No entanto eu não sou muito de brigadeiros...mesmo assim resolvi experimentar, era rápido e fácil de fazer, tinha cá todos os ingredientes, e são um miminho super fofo de oferecer. E ainda bem, são maravilhosos...Mesmo mesmo bons! Obrigada Marta Vicente pela partilha da receita...

Ingredientes:

3 - Colheres de sopa de chocolate em pó
1 - Colher de sopa de manteiga
1 - Lata de leite condensado
q.b. Côco ralado
q.b. Nutella
q.b. Cacau em pó
q.b. Noz partida
q.b. Amendoim partido
q.b. Pistachios partidos
q.b. Flor de sal
q.b. Pepitas chocolate

Preparação:

1 - Levar ao lume um tacho com o leite condensado, o chocolate em pó e a manteiga, e misturar bem.
2 - Deixar cozinhar em lume brando mexendo sempre, até engrossar ou ficar em ponto de estrada.
3 - Colocar o preparado num prato de sopa e deixar arrefecer.
4 - Formar pequenas bolinhas e cobrir umas com côco ralado, outras com cacau em pó, noz partida, amendoim...e para os mais gulosos rechear algumas com nutella antes de serem polvilhadas.
5 - Colocar em saquinhos ou caixinhas para oferecer.





Estes já têm destino...mas não sem os provar primeiro! 


Obrigada pela visita!



quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Bolachas de Natal

Não sou muito de fazer bolachas porque regra geral, não saem bem. Comprei um cortador de bolachas há uns tempos e se o usei 2 ou 3 vezes, foi muito...neste momento estou a ver se me consigo aprumar no que diz respeito a bolachas, biscoitos e seus semelhantes! Estas foram das primeiras que fiz desde que mentalmente me coloquei nesta saga. ;-)

A receita não é nada fora do comum, mas aqui fica a minha experiência, e a minha promessa de continuar na luta! E até que nem ficaram mal, pelo menos cá em casa, todos aprovaram, o que nem sempre acontece devo confessar!

Aqui fica a receita...

Ingredientes:

65 g - Manteiga( à temperatura ambiente)
100 g - Açúcar
1 - Ovo
225 g - Farinha de trigo (sem fermento)
1 - Colher de sopa de chocolate em pó

Preparação:

1 - Bater a manteiga com o açúcar até obter um creme homogéneo.
2 - Juntar o ovo, o chocolate em pó e a farinha e amassar até  o preparado deixar de colar às mãos.
3 - Envolver em película aderente e levar ao frigorífico por 15 min.
4 - Estender a massa com a ajuda de um rolo e cortar com um corta bolachas com a forma desejada. 
5 - Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC por cerca de 15 min até ficarem douradas.







Espero que gostem!

Obrigada pela visita!

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Trifle de frutos vermelhos

Querem um sobremesa deliciosa, rápida de fazer e que dá aquele aconchego em frente a um bom filme? Tenho a resposta para vocês...

Esta receita provei no último chá de bebé que fui, e adorei...quando perguntei como se fazia, adorei ainda mais...a agora mamã cedeu-me a receita, que já fiz e com certeza irei repetir muitas vezes. Aqui está ela!

Ingredientes:

200 g  - Frutos vermelhos congelados
1 Pacote e meio - Bolacha Maria
200 g - Queijo fresco para barrar (Philadelphia)
4 - Iogurtes naturais sem açúcar
8 - Colheres de sopa de açúcar

Preparação:

1 - Misturar os iogurtes naturais com o queijo e o açúcar.
2 - Triturar as bolacha maria, ou simplesmente parti-la em pedaços com as mãos.
3 - Em taças individuais colocar uma camada de creme, uma de bolacha triturada/partida e uma de frutos vermelhos, repetindo pela mesma ordem.
4 - Levar ao frio por cerca de 4 horas tapado com película aderente.

Nota: Deixar descongelar ligeiramente os frutos, cerca de 5 minutos, antes de os utilizar. A camada de bolacha deverá ser  de cerca de 1 cm, para que a receita fique perfeita. A receita rende entre 4 a 6 taças.



Espero que gostem tanto como eu...

Obrigada pela visita!

domingo, 30 de outubro de 2016

Bolo de chocolate saudável

Em jeito de comemoração do dia das bruxas, um bolo assustadoramente bom!!!

Desde o momento que provei este bolo de chocolate, me apaixonei por ele, quando soube a receita, piorou um pouco...Este bolo de chocolate "saudável", receita da tia Zizi, é muito viciante: quer pela parte dos ingredientes que libertam a nossa mente da culpa no que diz respeito a produtos refinados e processados, quer pelo sabor maravilhoso e nada enjoativo que nos proporciona uma bela experiência recheada de sabor.

Doçura ou travessura?

Ambas! :)

Ingredientes:

Bolo:

8 - Ovos (6 separados a gema da clara, e 2 inteiros)
1 1/2 Copos  - Açúcar amarelo
1  1/2 Copos - Farinha de trigo integral
1/2 Copo - Flocos de aveia
3/4 Copo - Água fria
3/4 Copo - Óleo
1/2 Copo - Mistura de chocolate em pó com Cacau
100 g - Chocolate culinária
1 Colher de sobremesa - Fermento em pó
1 Pitada de sal

Calda:

1/2 Copo - Leite
1/2 Copo - Água
4  Colheres de sopa - Chocolate em pó
1 Colher de sopa - Manteiga

Preparação:

Bolo:

1 - Pré-aquecer o forno a 180ºC.
2 - Separar as gemas das claras de 6 ovos.
3 - Bater as claras em castelo com uma pitada de sal e reservar.
4 - Bater com a batedeira as gemas, os restantes 2 ovos inteiros e o açúcar amarelo.
5 - Juntar à água e mexer bem com a vara de arames.
6 - Juntar o óleo e mexer novamente.
7 - Adicionar a farinha, os flocos e o fermento. Mexer bem.
8 - De seguida juntar a mistura de chocolate em pó com cacau, mexendo bem, bem como o chocolate de culinária previamente derretido no microondas.
9 - Por fim envolver bem as claras batidas em castelo, mexendo cuidadosamente para não perderem o ar.
10 - Coloca-se numa forma redonda untada com manteiga e polvilhada com farinha, cujo fundo deve ser forrado com papel vegetal.
11 - Vai ao forno por cerca de 1 h, fazendo o teste do palito até este vir seco.
12 - Quando cozido deve-se desenformar logo de seguida e regar com a calda acabada de fazer.

Calda:

1 - Juntar todo os ingredientes num tacho.
2 - Levar ao lume brando, mexendo de vez em quando até levantar fervura.
3 - Regar o bolo com esta calda assim que este sair do forno, mas já depois de desenformado.

Nota: o copo utilizado é aquele do tamanho do copo de Nutella!

Decorar tudo a gosto, e esperar arrefecer para comer!!! :)





Obrigada pela visita!




terça-feira, 25 de outubro de 2016

Costeletas do cachaço no forno com vinho tinto

Este mês, no desafio do Cantinho das Cozinheiras "A cozinhar com..." o blog eleito foi o da Marta Alves: Brincadeiras na cozinha. Andei a vasculhar e optei por um prato salgado, para fugir ao mais habitual.

Gosto muito de costeletas do cachaço, são mais suculentas e a carne mais saborosa, no entanto, a viver em apartamento, grelhar é um pouco desconfortável, e fritar, não é opção...sendo que resolvi experimentar esta receita da Marta de fazer a costeletas no forno.

Podem ver a receita original aqui, ou então ver directamente aqui:

Ingredientes:

4 costeletas do cachaço
3 alhos esmagados
1 c. de sopa de colorau
125ml de vinho tinto
200ml de caldo de carne
sal q.b
oregãos q.b.

Preparação:

1 - Temperar a carne com os alhos, o colorau, o vinho tinto, o caldo de carne, os orégãos e o sal, e deixar marinar por cerca de 1h.
2 - Colocar as costeletas num tabuleiro de ir ao forno juntamente com a marinada, a 200ºC por cerca de 45 min.
3 - Sirva a gosto.

Nota: Eu segui a sugestão da Marta e fiz um puré de batata para acompanhar. Ficam deliciosas, embora eu me tenha esticado no tempo da marinada em largas horas...



Obrigada pela visita!

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Bolo Mulato

Já não fazia este bolo há séculos e séculos... era um bolo do qual eu gostava bastante em pequena, e que guardo sagradamente a receita eu gosto, da qual resulta um bolo com os buraquinhos típicos como manda a lei!

Há uns dias atrás, após uma conversa com as colegas de trabalho, cheguei à conclusão de que este tão velhinho bolo, que para mim era tão banal como o pão de ló ou o bolo mármore que toda a gente conhece ou já ouviu falar pelo menos, pelos vistos elas não conheciam...fiquei para morrer! ;-)

Não quero que lhes falte nada, e como tal, num dia de "comida de forno" lá pus mãos à obra e decidi pôr fim a tamanha falha no conhecimento gastronómico português! Fiz o bolinho, que levei para provassem, e aqui fica a receita para que vocês também provem!

Ingredientes:

4 - Ovos
500 ml - Leite
500 g - Açúcar
2 - Colheres de chá de bicarbonato de sódio
2 - Colheres de chá de canela
2 - Colheres de sopa de margarina (ou manteiga)
1 - Colher de chá de fermento
300 g - Farinha

Preparação:

1 - Batem-se os ovos inteiros com açúcar até obter um creme esbranquiçado.
2 - Adiciona-se a margarina à temperatura ambiente e a canela, mexe-se bem.
3 - Junta-se a farinha, o bicarbonato de sódio e o fermento.
4 - Bate-se tudo até a massa ficar bem homogénea, e vai-se juntando o leite a pouco e pouco.
5 - Unta-se uma forma redonda de buraco com manteiga e polvilha-se com farinha, na qual se verte o preparado.
6 - Vai a cozer em forno quente a 180ºC por cerca de 1h.

Nota: O preparado fica completamente líquido antes de ir para a forma, mas é assim mesmo. A piada deste bolo tem a ver com a textura e todos os buraquinhos que ele adquire depois de cozido. Nesta foto, apenas fiz metade da receita.





Obrigada pela visita!!!

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Gratinado de pescada

Cá por casa, gosto sempre de ter uns SOS no congelador, não vá eu ter uma súbita falta de inspiração, ou de paciência, para um jantar mais simples e prático de fazer.

A pescada, seja ela em filetes, em lombos ou em rodelas é algo que costumo ter sempre no congelador, no entanto tenho um problema...o chefe cá de casa não aprecia muito pescada!

Assim, tenho de ir inventando formas diferentes de a cozinhar de forma a cativar o apreço do moço por este peixe...

Ingredientes:

4 - Filetes de pescada
2 - Alhos francês
1 - Dente de alho
2 - Cenouras médias
2 - Colheres de sopa de salsa picada
50 g - Margarina
3 - Colheres de sopa de farinha
200 ml - Molho bechamel
2 - Batatas grandes
500 ml - Leite
1 - Folha de louro
1 - Limão
Queijo ralado q.b.
Pimenta preta q.b.
Sal q.b.

Preparação:

1 - Temperar  os filetes com o alho, a pimenta preta, o sal e o sumo de limão. Reservar.
2 - Descascar as batatas e cortar em pequenos cubos.
3 - Colocar as batatas a cozer em água temperada com sal.
4 - No wok, colocar a margarina juntamente com o alho francês cortado às rodelas e ir mexendo até alourar.
5 - Juntar as cenouras já raladas.
6 - Adicionar a farinha e um pouco de leite e mexer bem.
7 - Juntar os filetes cortados grosseiramente em pedaços e mexer.
8 - Ir juntando o resto do leite à mistura mexendo lentamente.
9 - Verificar os temperos e juntar 100 ml de molho bechamel.
10 - Adicionar as batatas já previamente cozidas e escorridas e envolver bem.
11 - Aromatizar com a salsa, mexer tudo e colocar o preparado num tabuleiro de ir ao forno.
12 - Por cima, colocar o resto do bechamel, polvilhando de seguida com o queijo ralado.
13 - Levar ao forno cerca de 10 min a 210ºC.

Servir com uma salada e desfrutar!



Obrigada pela visita!

domingo, 16 de outubro de 2016

Bolo maravilha

31 Aninhos...Xiii...

Ainda nem caí em mim... Bela idade, belo bolo...a fazer "kindim" como diz a minha filhota, que é como quem diz "pandam"...

E como que um virar de página, decidi marcar o meu aniversário e o aniversário do blog com este bolo...já lá vão 3 aninhos de blog!

Este bolo é uma bela surpresa...inventado pela tia Bela! :)

Bela surpresa porque enche o olho, é óptimo e agrada a todos os paladares, e super fácil de fazer!

Para o bolo

Ingredientes:


2 - Embalagens de massa folhada rectangular (Lidl)
10 - Ovos
10 - Colheres de sopa de açúcar
10 - Colheres de sopa de farinha
1 - Colher de chá de fermento
Raspa de limão ou aroma de baunilha (ou ambos!)

Preparação:

1 - Desenrolar a massa folhada, picá-la uniformemente e deixar descansar por 10 minutos à temperatura ambiente.
2 - Ligar o forno a cerca de 200 ºC.
3 - Colocar a massa folhada no forno em 2 tabuleiros, um por cima e outro por baixo, vigiando sempre, e se necessário trocá-los a meio da cozedura. Cozinhar por 10 a 15 min.
4 - Quando a massa folhar, e estiver douradinha, retirar do forno e deixá-la repousar.
5 - Para a camada do meio, separar as gemas das claras, e bater as claras em castelo.
6 - Juntar as 10 colheres de açúcar às gemas e bater com a batedeira eléctrica até obter um creme esbranquiçado.
7 - De seguida adicionar a raspa de limão e/ou o aroma de baunilha e mexer.
8 - Adicionar a farinha, de preferência peneirada, e o fermento e mexer bem.
9 - Por fim juntam-se as claras, mexendo em movimentos leves para que não se perca o ar das claras. Envolve-se tudo cuidadosamente até ficar homogéneo.
10 - Forrar um tabuleiro com papel vegetal, colocar a massa e levar ao forno a cerca de 180ºC por 10 a 15 minutos.
11 - Retirar do forno, desenformar e deixar a arrefecer.

Para o recheio e cobertura:

Recheio de Creme de Pasteleiro

Ingredientes:


3 - Ovos
500 ml - Leite
40 g - Maizena
150 g - Açúcar
1 - Colher de café de aroma de baunilha

Chantilly

2 dl - Natas frescas

3 - Colheres de sopa de açúcar

Preparação:

1 - Levar um tacho ao lume com o leite até este ferver.

2 - Bater os ovos com o açúcar e juntar o aroma de baunilha.
3 - Adicionar a farinha maizena, e mexer bem para não criar grumos.
4 - Adicionar o leite quente à mistura lentamente e sem nunca parar de mexer com uma vara de arames.
5 - Levar a mistura ao lume até engrossar, mexendo sempre.
6 - Quando o preparado se tornar mais espesso, desligar o lume e continuar a mexer de vez em quando, enquanto vai arrefecendo.
7 - Entretanto prepara-se o chantilly batendo as natas com o açúcar até que fiquem bem espessas e reservam-se no frigorífico até serem usadas.

Entretanto pode-se começar a montar o bolo.

1 - Num tabuleiro coloca-se um pouco do creme de pasteleiro para que o bolo não deslize ao ser transportado.
2 - Por cima coloca-se uma placa de massa folhada.
3 - Barra-se com metade do creme de pasteleiro.
4 - Coloca-se por cima o pão de ló, camada do meio, e barra-se com o resto de creme de pasteleiro.
5 - A última camada será novamente a de massa folhada.
6 - Por cima espalha-se uniformemente o chantilly usando uma espátula, sendo que quando todo o topo bolo já se encontrar abrangido, se devem dar pequena pancadinhas na vertical para que se formem uns biquinhos no chantilly.
7 - Levar ao frio até à hora de servir.

A última parte que se segue só deve ser mesmo efectuada na hora de servir, para que o bolo fique bem bonito e os profiteroles não o estraguem ao derreter.

Enfeitar o bolo

500 g -  Morangos

1 - Embalagem de profiteroles

1 - Lavar e secar morangos e reservar.
2 - Cortar o topo para que melhor se segurem.
3 - Retirar os profiteroles do congelador e aquecer o respectivo chocolate conforme as instruções da embalagem.
3 - Distribuir os morangos e os profiteroles pelo bolo conformes o gosto pessoal.
4 - Regar com o chocolate e servir!

Podem ainda ver-se nas fotos alguns corações de chocolate e até o número 31 feito em chocolate, é extremamente simples de fazer caso o pretendam, mas terá de ser feito pelo menos 1 hora antes e terá que ser a última coisa a colocar no bolo, caso contrário o chocolate quente dos profiteroles pode derreter as forminhas.

Podem fazer assim:

1 - Partir 100 g de chocolate de culinária em pequenos pedaços para uma taça.
2 - Leva-los ao microondas por períodos de 10 segundos cada, e mexendo a cada paragem até estar completamente derretido. Cerca de 5 vezes é suficiente.
3 - Colocar dentro de um saquinho transparente pequeno e fechar.
4 - Dispor papel vegetal em cima de um tabuleiro ou prato (para ir para o frio) para que sejam feitas as formas para cima do mesmo.
5 - Cortar o bico do saco numa das pontas e desenhar o que se pretenda.
6 - Levar ao frio para que endureça.




Espero que gostem, é um bolo muito bom, nada enjoativo! Sei que parece muita coisa, mas é mesmo simples de fazer, já que muitas destas coisas podem ser feitas ao mesmo tempo das outras, no fundo, 1 hora chega para tudo mesmo, fazer, cozer montar e servir, já o fiz, experimentem!



Obrigada pela visita!!!





sábado, 1 de outubro de 2016

Semifrio de bolacha e creme de ovos

Há tanto tempo que não venho aqui... a época de Verão é terrível, um corre corre que nos limita e cansa, apesar de ser a época de férias de eleição! 

A verdade é que apesar de gostar do Verão, do calor, das férias e de tudo o resto, a chegada do Outono é algo que muito me agrada! É um abrandar de ritmos, é um retomar de actividades, uma época de renovação e recomeço... E aqui estou!

Este semifrio é uma receita que tanto resulta no Inverno, como no Verão, e regra geral, agrada a todos!

Ingredientes:

Creme de ovos:

5 - Gemas
5 - Colheres de sopa de açúcar
5 - Colheres de sopa de água

Semifrio:

2 - Pacotes de bolacha Maria
4 dl - Natas
5 - Folhas de gelatina
5 - Colheres de sopa de açúcar
Café q.b.

Preparação:

Creme de ovos

1 - Bater ligeiramente as gemas.
2 - Colocar o açúcar e água num tacho e levar a lume brando até derreter completamente.
3 - Retirar do lume e verter em fio sobre as gemas, mexendo sempre.
4 - Levar novamente ao lume até engrossar, tendo o cuidado de mexer sempre.
5 - Reservar numa tigela para que arrefeça.

Semifrio

6 - Demolhar as folhas de gelatina em água fria.
7 - Bater as natas e ir adicionando o açúcar.
8 - Aquecer numa taça, no microondas, 2 colheres de sopa de água.
9 - Espremer as folhas de gelatina e misturar na água previamente aquecida.
10 - Adicionar às natas batidas envolvendo bem e reservar no frigorífico.
11 - Preparar café bem forte e demolhar as bolachas e colocar uma camada numa forma de fundo amovível.
12 - Colocar uma camada do creme de natas e assim sucessivamente até perfazer 3 camadas de bolacha, sendo que a última camada deverá ser de creme de natas.
13 - Levar ao frio por 2h e de seguida regar com o creme de ovos.
14 - Levar novamente ao frio até à hora de servir, desenformando-o cuidadosamente.

Nota: Se o creme de ovos ficar com grumos, pode-se passar com a varinha mágica para que fique um creme sedoso e com óptimo aspecto. Se este mesmo não ficar com a textura pretendida, e ficar demasiadamente espesso, pode-se juntar um pouco de leite para que dilua, por forma a facilitar a cobertura do semifrio.




Espero que gostem!

Obrigada pela visita! 

terça-feira, 19 de julho de 2016

Brioche

Finalmente...finalmente consegui fazer Brioche decente, fofinho, doce, espectacular!

Obrigada Marylène Barros pela receita! A receita original foi retirada do blog da Marylène, Cozinha de uma desastrada, em resposta ao desafio Cantinho das Cozinheiras e resultou na perfeição! 

Já perdi a conta às tentativas que fiz para obter este tipo de bolo/pão Brioche. Na generalidade das vezes sai duro e super seco e com um sabor a fermento...ui...estranho, muito estranho! Eu sou péssima a amassar coisas à mão, pega-se tudo! Ah e tal, põe farinha nas mãos...esqueçam, não vou lá! é escusado! quando vou a ver já pus mais meio quilo de farinha e aquilo continua a pagar tudo.

Solução: usar a batedeira, usar aquelas varetas que eu achava que não serviam para coisa nenhuma, em espiral, e colocar a massa numa espécie de forma, para que não de esparrame todo no tabuleiro! E deixar levedar muito!!!!

Devo informar que ao contrário de todas as vezes, este brioche ficou tão fofo que até mete nervos! ;-)

Ingredientes:

100 ml - Leite
10 g - Fermento de padeiro (ou o equivalente em fermento de padeiro seco para 250g de farinha, eu usei 1/4 de saqueta de Fermipan)
250 g - Farinha tipo 55 sem fermento
2 - Colheres de sopa de farinha custard
50 g - Açúcar
2 - Ovos
80 g - Manteiga ou margarina
1/2 - Colher de chá de sal
Leite e açúcar q.b. para pincelar

Preparação:

1 - Diluir o fermento no leite morno.
2 - Numa taça misturar a farinha, o açúcar, o sal e a farinha Custard.
3 - Adicionar os ovos e o leite e mexer bem com a batedeira com as varetas em espiral (a massa fica brilhante e não é muito consistente).
4 - Adicionar a manteiga à temperatura ambiente ou ligeiramente aquecida.
5 - Mexer novamente e tapar para deixar levedar por cerca de 30 minutos num lugar quentinho.
6 - Untar uma forma com óleo ou manteiga e polvilhar com farinha.
7 - Depois de levedar, bater novamente a massa com a batedeira e passá-la para a forma.
8 - Deixar levedar 2h.
9 - Levar ao forno previamente aquecido a 180ºC, por cerca de 15 minutos, inicialmente tapando a forma. durante 10 minutinhos, quando destapar pincelar com o leite com um pouco de açúcar.
10 - Fazer o teste do palito e desenformar para cima de um pano polvilhado com açúcar.

Nota:
Eu usei a vaqueiro especial bolos em vez da manteiga e ficou maravilhoso. A forma que usei foi a UltraPro da Tupperware, fica o formato perfeito para esta receita!



Deliciem-se...Simples, com manteiga, com chocolate...é óptimo de qualquer forma!

Obrigada pela visita!

sábado, 2 de julho de 2016

Bolo de iogurte grego e frutos vermelhos

Um bolo mesmo a cheirar a Verão...

Daqui a um par de horas tenho a festa da creche da minha pequena...é finalista! ;-) 

Vai passar para a "escola dos grandes", a pré escola portanto...No meio deste universo colorido de festa infantil, fiz alguns petiscos para a festa...pensei em fazer vários bolos, chocolate seria o mais óbvio, mas a cachopa pediu-me um bolo "cô-de-rosa" e eu lá arranjei maneira de fazer um bolo à maneira dela.

Colorido por fora e principalmente por dentro, com toda a variedade de tons entre o vermelho o rosa e o roxo que os frutos vermelhos nos proporcionam.

A mim encantou-me, e a vocês?

Ingredientes:

3 - Ovos
1 - Iogurte grego natural açucarado
220 g - Açúcar
160 g - Farinha
100 g - Óleo
1 - Colher de chá de aroma de baunilha
2 - Colheres de chá de fermento
1/2 - Colher de chá de sal
Raspa de 2 limões
Frutos Vermelhos q.b. (usei congelados)
Açúcar em pó e hortelã para decorar

Preparação:

1 - Pré-aquecer o forno a 180ºC e untar uma forma redonda de buraco com manteiga e polvilhá-la com farinha.
2 - Numa taça misturar o iogurte com os ovos.
3 - Adicionar o aroma de baunilha, a raspa de limão e o açúcar e mexer bem.
4 - Juntar a farinha, a pitada de sal e o fermento em pó.
5 - Por fim juntar o óleo e mexer bem até obter uma massa homogénea.
6 - Colocar na forma e espalhar por cima os frutos vermelho antes de ir ao forno.
7 - Deixar cozer por cerca de 45 min e fazer o teste do palito.
8 - Retirar do forno e deixar arrefecer um pouco antes de desenformar.
9 - Desenformar, decorar a gosto e polvilhar com açúcar em pó.




Espero que gostem, obrigada pela visita!

domingo, 29 de maio de 2016

Bolo salgado de queijo, fiambre e azeitonas

Pois é...estamos todos a aguardar pela nossa Primavera, que anda perdida algures por aí... Enquanto ela não arranja um GPS decente, aqui vai uma receita prática, rápida e fácil, muito útil para um lanchinho ou piquenique de Primavera...ou de Verão! Agrada a miúdos e graúdos!

Experimentem!

Ingredientes:

250 g - Farinha com fermento
1 - Colher de sopa de fermento para bolos
2 - Colheres de chá de alho em pó
1 - Colher de chá de oregãos secos
125 g - Fiambre
125 g - Queijo flamengo fatiado
75 g - Azeitonas pretas
50 ml - Azeite
150 ml - Vinho branco
4 - Ovos
Chouriça q.b. para decorar

Preparação:

1 - Pré-aquecer o forno a 180ºC
2 - Partir o fiambre e o queijo aos quadrados, bem como as azeitonas em aos pedaços.
3 - Numa taça, misturar o azeite, os ovos e o vinho branco, batendo coma batedeira.
4 - Adicionar a farinha, o fermento, o alho em pó e os oregãos secos e bater novamente até obter uma massa homogénea.
5 - Juntar o fiambre, o queijo e as azeitonas e envolver com uma colher.
6 - Colocar numa forma de buraco previamente untada e polvilhada com farinha.
7 -  Decorar a gosto com chouriça ou levar simplesmente ao forno por cerca de 35 a 40 minutos, verificando a cozedura com um palito.

Nota: As azeitonas podem ser inteiras ou descaroçadas, sendo que se torna mais fácil usar já das descaroçadas, mas ambas servem perfeitamente.

Bom apetite e desfrutem!



Obrigada pela visita!

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Mousse de morango

Em resposta ao desafio do grupo "Cantinho das Cozinheiras" do mês de Maio "A cozinhar com" elegi esta receita do blog Fast n' Easy...é simples, rápida, fresca, leve e é de morango! ;)

O resultado foi maravilhoso, e o pequeno exército de mousses desapareceu em poucos minutinhos!

Ingredientes:

300 g - Morangos
2 - Iogurtes gregos naturais açucarados
4 - Folhas de Gelatina 
1 - Pacote de natas
2 - Colheres de sopa de açúcar
Morangos q.b. para decorar

Preparação:

1 - Bater as natas, adicionando aos poucos o açúcar.
2 - Demolhar as folhas de gelatina em água fria.
3 - Adicionar os iogurtes às natas já batidas.
4 - Triturar os morangos e adicionar ao preparado anterior.
5 - Dissolver as folhas de gelatina já previamente escorridas em 2 colheres de sopa de água a ferver e adicionar à mistura anterior.
6 - Distribuir por taças e levar ao frigorífico para solidificar.
7 - Decorar a gosto e servir.






Bom apetite!

Obrigada pela visita!

segunda-feira, 21 de março de 2016

Bolo Kitkat com crocante de Ferrero Rocher

Este bolo é daqueles...que a nós vemos num sítio e queremos muito fazer, daqueles que fica marcado na nossa mente... ;-)

E assim foi, ficou ficou...até que um dia, mandei o marido aos "KitKats", et voilá! 

Ficou lindo...e tem tanto de lindo como de potente...vai de retro dieta!

Um autêntico "choco ninho" de Páscoa...ideal para esta época festiva! Quem se atreve a experimentar? Pelo menos a curiosidade é impossível que não fique...ou serei a única gulosa aqui? ;-)

Para o bolo em si, usei a receita do coração do meu Bolinho de Mamã, podem ver a receita aqui.

Para o recheio e cobertura usei ganache de chocolate de leite, e podem ver como fazer aqui.

Para a decoração precisa-se ainda de:

1 - Caixa de Ferrero Rocher (20 unidades)
10 - Chocolates Kit Kat
Amêndoas de chocolate e fita de tecido para decorar

Preparação:

1 - Fazer o bolo conforme indica a receita, e deixar arrefecer bem.
2 - Preparar a ganache de chocolate e deixar arrefecer quase completamente.
3 - Cortar o bolo ao meio e barrar com um pouco de ganache.
4 - Esmagar grosseiramente os Ferrero Rocher deixando apenas 3 para usar no topo do bolo.
5 - Espalhar este o preparado crocante por cima da ganache tentando envolver um pouco e barrar mais um pouco do creme de chocolate por cima desta mistura.
6 - Colocar a outra metade por cima e barrar com resto da ganache.
7 - Cuidadosamente partir os pauzinho dos KitKat e ir colando em volta do bolo (a ganache com que barrámos serve como cola).
8 - Assim que se tenha todo o bolo envolvido, colocar uma fita levemente apertada a segurar toda a estrutura.
9 - Por cima espalhar mais 2 Ferrero Rocher esmagados e colocar um no centro para decorar.
10 - Em volta colocar algumas amêndoas de chocolate.

Ficou lindo este "choco ninho" de Páscoa, não ficou?




Espero que tenham gostado!

Obrigada pela visita!


sábado, 19 de março de 2016

Pão doce do Dia do Pai

Esta receita foi retirada do blog Cromas da Cozinha que por estes dias publicou uns coelhinhos maravilhosos que me deixou curiosa pela massa que utilizou. Como a Páscoa está aí, mas o tempo por vezes não dá para tudo, resolvi pôr mãos à obra com a minha filhota e repiscámos a receita, adaptando-a ao Dia do Pai. 

O papá adorou a surpresa, e a pequena adorou mexer na massa, e a cozinha...foi um campo de batalha autêntico!

Saiu esta coisinha maravilhosa, são muito muito bons, para comer simples ou recheados, experimentem, não se irão arrepender!

Receita aqui! Aproveitem e dêem uma espreitadela no resto do blog, é muito sugestivo! ;-)



Obrigada pela visita!!!

quinta-feira, 17 de março de 2016

Tagliatelle de cogumelos, azeitonas, toucinho e fiambre

Como penso ser geral em todos os lares portugueses (e não só) o tempo urge, e nem sempre existe disponibilidade para pensar ou preparar algo para a refeição seguinte. Neste casos, é necessário ter sempre refeições tipo SOS: rápidas, saborosas, que agradem a todos e que sejam minimamente saudáveis.

Cá em casa a "massodependência" é geral, quando não sabemos o que jantar durante a semana ou quando o domingo à noite nos pede algo mais que aqueça a barriguinha, alguém pede: faz uma daquelas massas das tuas... Pois bem, esta é uma "daquelas massas" que faço com alguma regularidade, é só colocar a massa a cozer e colocar o wok no fogão, e em 15 minutos temos o jantar pronto!

Nem percebo como é que neste tempo todo ainda não tinha colocado aqui nenhuma massinha... ;-)

Ingredientes:

300 g - Tagliatelle

70 g - Toucinho fumado
100 g - Fiambre
150 g - Cogumelos
100 g  - Azeitonas pretas descaroçadas
3 - Dentes de alho
1/4 cubo - Caldo Knorr de galinha
Azeite q.b.
Ervas de Provence q.b.
Pimenta preta q.b.

Preparação:

1 - Colocar a massa a cozer num tacho com água temperada com um fio de azeite, 1/4 de cubo Knorr caldo de galinha e um pouco de sal.
2 - No wok colocar cerca de 1dl de azeite e os dentes de alho esmagados, deixando refogar em lume brando.
3 - Adicionar o toucinho fumado cortado em cubos deixando uns 2 minutos a tomar o gosto.
4 - Juntar os cogumelos, o fiambre cortado em cubos e as azeitonas pretas cortadas às rodelas e mexer.
5 - Temperar com ervas de provence e pimenta preta. Reservar.
6 - Escorrer a massa e servir com o preparado feito no wok.





Nota: nem sempre tenho azeitonas descaroçadas, pelo que costumo usar das azeitonas normais, simplesmente corto em pedaços (à volta) e tiro o caroço com a faca. O mesmo se aplica ao fiambre, caso não tenha fiambre apto para ser cortado em cubos, uso do fatiado que dá o mesmo!

Obrigada pela visita!